31 January 2008

O video do Rizal


Para quem já esteve na Indonésia sabe o quanto é precioso a projecção dos surfistas locais para o exterior do país. Pode muito bem ser o que os separa de seguir o sonho, ou sucumbir a uma realidade bem mais difícil.
Por isso, é um prazer ver na Surfline um filme sobre o herói local e grande surfista Rizal Tanjung.
Cliquem na imagem e viagem ao outro lado do mundo!

Decorem: Sally Fitzgibbons!

Sally Fitzgibbons pode ser um nome a dar cartas no Tour Mundial
(photo: ASP)
A australiana Sally Fitzgibbons foi a grande vencedora do Roxy Surf Festival que teve lugar em Phillip Island, na Austrália.

Com apenas 17 anos e já uma das maiores esperanças no surf australiano, Fitzgibbons defrontou na final deste WQS de seis estrelas a brasileira Bruna Schmitz. Para quem não se recorde, Bruna é também conhecida no mundo do surf por ser a namorada do top 8 mundial, Jeremy Flores, e parece agora estar a tirar proveito disso com uma grande evolução no seu surf.

Em terceiro ficaram a número 8 mundial Jessy Miley-Dyer e a havaiana Bethany Hamilton.

Mas Portugal também esteve representado com a grande prestação da campeã nacional portuguesa Francisca Pereira dos Santos, que, apostada este ano em obter boas qualificações nas provas internacionais, não quis deixar Phillip Island sem uma marca da sua presença e conseguiu um fantástico 9º lugar, apenas perdendo para a vencedora da etapa, Sally Fitzgibbons e para a neozelandesa Paige Hareb.

30 January 2008

Tiago já tem bio

No jornalismo existe um termo figurativo que se chama "lamber a cria" e, basicamente, consiste no facto de qualquer jornalista ter um prazer especial em ler o texto que escreveu depois da sua publicação.

Quando visitei esta semana o site da ASP e fui ler a novíssima biografia do Tiago Pires, no meio da restante elite mundial, foi isso mesmo que senti.

Não que tenha tido qualquer dedo ou influência no que o Tiago é hoje (o meu único contacto com ele foi uma entrevista que lhe fiz para a brasileira "Hardcore" e um "olá, tudo bem" sempre que nos cruzamos nos coxos ou em ribeira), mas pelo facto de, durante muito tempo, como todos os outros surfistas portugueses, ter torcido afincadamente por ele. E o facto do Saca ter agora a sua bio entre os melhores do mundo não deixa de ser alvo de grande orgulho para mim, para todos nós.
É o El Dourado alcançado e sinónimo de muitas futuras sessões de web casting, pela noite a dentro, ou durante as horas de trabalho, partilhando emoções com quem está connosco ou quem está longe.

Mas isso faz parte de quem nós somos. O português, o povo do fado, sempre gostou de se unir e de fazer a maior torcida do mundo. Venham os australianos, os brasileiros ou os havaianos... venha quem vier: os portugueses chegaram!!!


Novo vídeo Terrakota

22 January 2008

Mulheres já começaram a competir

Coco Ho foi uma das eliminações iniciais... against all odds!
(photo: www.roxywqs.roxy.com)

Já começou o 7º Roxy Surf Festival, em Victoria's Phillip Island, na Austrália.

A edição deste ano atraiu alguns dos nomes mais sonantes do mundo do surf feminino, como Samantha Cornish, Amee Donohoe e Jessi Miley-Dyer.

Este ano o Festival incluirá também o seis estrelas Roxy Pro Junior e uma competição de três estrelas em Longboard, onde entrarão a actual campeã mundial Jennifer Smith, a muito falada Kassis Meador e ainda, a campeã de longboard da Roxy Chelsea Williams.

11 January 2008

Madeira no Ciberespaço

Jardim antes das obras... remember?!
Quem já lá esteve não esquece... quem não esteve, nunca irá, travado por um medo anónimo, ou deseja aos céus para algum dia ter a oportunidade...

A Madeira faz parte do imaginário do surf português. Ela está presente em histórias dignas dos melhores surf storytailors do mundo, personificou sonhos, construiu talentos e caracter, aumentou egos e reduziu muitos à sua mais completa insignificancia.

A Madeira tem em si alguns dos melhores surfspots nacionais e surfistas locais CHEIOS de talento.

Exemplo disso mesmo é Orlando Pereira, Jardim do Mar expert e autor do blog "Madeira Surf", que acrescentei recentemente à galeria "Ciberspace is the Limit".

Vale a pena ir lá e ver fotos fantáticas do Jardim, do Paul ou Ponta Pequena.

ENJOY!

Tsunami Japas way

10 January 2008

2008 CHEIO DE BOA(S) ONDA(S)

Cada passagem de ano é como uma lufada de ar fresco, uma grande lufada de O(xigénio) que entra nas nossas veias, toma conta da nossa mente e refresca-nos a visão para o que o próximo ano nos reserva.

2008 não é excepção.

Da mesma forma como as previsões das ondas apenas são fiáveis a poucos dias de distância, também o ano pode reservar inúmeras surpresas.

A nível nacional a grande incógnita vai estar no circuito nacional de surf: acontece, não acontece, um organizador, vários, proze-money mais pequenos, visibilidade ou nem por isso? Não se sabe. Está tudo nas mãos da ANS... mais novidades são esperadas a muito curto-prazo.

Depois temos um circuito universitário a renascer das cinzas. A única etapa a acontecer no passado mês de Dezembro não esteve nada mal. O ano promete para os srs. doutores.

Alfarroba. Goste-se ou não as coisas mexiam. Fora do circuito nacional e pro junior, restam as provas internacionais, que, ao fim e ao cabo, são as que têm mais visibilidade além fronteira. Com menos provas a atenção poderá estar voltada para elas. Aguardamos. Assim como aguardamos pela sua nova revista gratuita... sobre esta (e tendo algumas dúvidas) deixo os comentários para mais tarde...

Mas mais do que nunca as atenções em 2008 vão estar todas voltadas para o Saca e o seu primeiro ano no 'CT. Fora as etapas do 'QS que o Tiago terá certamente de fazer para a manutenção da sua vaga no Tour.

Se as bandeiras nacionais vão voltar a ser hasteadas pelo futebol, este ano o poste mais alto vai ser para as bandeiras dos surfistas portugueses de norte a sul.

E isto é só um lamiré. 2008 estará cheio de surpresas... e a Fat Chicken estará cá para contar! BOM ANO!