27 February 2008

Tiago sofre primeiro revés

(photo: ASPKirstin/Covered Images)

O surfista português Tiago Pires sofreu a sua primeira derrota no circuito mundial. E que dura derrota!

Depois de ter passado em 3º lugar para o round 2, o seu heat com Leonardo Neves não podia ter sido mais desastroso.

Num mar que não oferecia grandes hipóteses (ondas que não ultrapassavam o metro e uma maré cheíssima), Tiago deixou passar e não conseguiu pontuar para além dos 7.33, contra os 13.67 do brasileiro, que não deixou de aplicar muito power nas suas manobras.

"Não consegui apanhar as poucas boas ondas que apareceram", contou «Saca» no final. "Estava muito difícil, mas pendei que a minha primeira onda me ia dar mais parede para trabalhar. Infelizmente, a maré muito cheia alterou as ondas e não consegui fazer muito com as que apanhei."

Lamentando a sua má sorte, Tiago Pires espera agora conseguir afastar o negativismo com que ficou desta sua primeira experiência no Tour: "Este primeiro evento foi muito difícil e não é nada bom para a nossa confiança quando temos um mau começo. Mas vou tentar esquecer isto antes de ir para a etapa de Bell's Beach".

Dos surfistas que compõem a Euroforce, para além de Tiago, também Michel Bourez e Aritz Aranburu não conseguiram passar para o round 3, tendo este último sofrido uma lesão no tornozelo quando participava na expression session do evento.

As esperanças da Europa recaiem agora em Jeremy Flores e Micky Picon, que defrontarão os australianos Jay Thompson e Taj Burrow, respectivamente, no round 3





A escassez de ondas já advinhava um 2º round difícil
(photo: ASPKirstin/Covered Images)

Apesar do contratempo, Tiago tem que continuar com o bom espírito se quiser manter o seu lugar no Tour

(photo: ASPKirstin/Covered Images)

22 February 2008

Quiksilver Pro começa hoje!

A vista de Snapper
(photo: ASP/Covered Images)

Tirem os cachecóis da gaveta, as badeiras do armário, puxem o pacote de pipocas salgadas e a cervejinha fresquinha... o espectáculo vai começar!

Hoje, pelas 21H (hora portuguesa), arranca a primeira etapa do circuito mundial de surf, o Quiksilver Pro.

Pela primeira vez, Portugal estará representado entre os melhores do mundo pelo Tiago Pires... e acompanhado certamente pela maior (e melhor) claque do mundo via web.

Apesar da falta de areia, retirada pelas tempestades que têm assolado a Gold Coast, Snapper parece querer responder à chamada e deverá premiar os atletas com as clássicas ondas australianas.

Apesar do período de espera do campeonato arrancar hoje, a prova poderá não ir para dentro de água, uma vez que o evento está agendado até ao próximo dia 5 de Março e a organização quererá realizá-lo nas melhores condições possíveis. É ir espreitando todos os dias o site oficial: http://www.aspworldtour.com/quikpro/

Entretanto, os trials já terminaram e, com apenas 16 anos, o tahitiano Tamaroa McComb ganhou o Kommunity Project Trials, contra Troy Brooks, Dale Richards e Blake Ainsworth.

Quanto ao Saca, a sorte ditou que entrasse no Heat 13 contra dois australianos, Tom Whitaker e Dayyan Neve.

Boa Sorte ao Saca!

Quiksilver Pro
Round 1:
Heat 1: Bobby Martinez (USA), Royden Bryson (ZAF), Jihad Khodr (BRA)
Heat 2: Dean Morrison (AUS), Daniel Wills (AUS), Kieren Perrow (AUS)
Heat 3: Jeremy Flores (FRA), Bruce Irons (HAW), Roy Powers (HAW)
Heat 4: Pancho Sullivan (HAW), Ricky Basnett (ZAF), Heitor Alves (BRA)
Heat 5: Andy Irons (HAW), Frederick Patacchia (HAW), Mikael Picon (FRA)
Heat 6: Bede Durbidge (AUS), Leonardo Neves (BRA), Daniel Ross (AUS)
Heat 7: Joel Parkinson (AUS), Neco Padaratz (BRA), Nic Muscroft (AUS)
Heat 8: Mick Fanning (AUS), Michael Campbell (AUS),Tamaroa McComb (PYF)
Heat 9: Taj Burrow (AUS), Adrian Buchan (AUS), Julian Wilson (AUS)
Heat 10: Kelly Slater (USA), Rodrigo Dornelles (BRA), Michel Bourez (PYF)
Heat 11: C.J. Hobgood (USA), Adriano de Souza (BRA), Ben Bourgeois (USA)
Heat 12: Kai Otton (AUS), Travis Logie (ZAF), Aritz Aranburu (EUK)
Heat 13: Tom Whitaker (AUS), Dayyan Neve (AUS), Tiago Pires (PRT)
Heat 14: Taylor Knox (USA), Ben Dunn (AUS), Jay Thompson (AUS)
Heat 15: Damien Hobgood (USA), Luke Munro (AUS), Dane Reynolds (USA)
Heat 16: Luke Stedman (AUS), Tim Reyes (USA), Jordy Smith (ZAF)

Inverno XXL


Continuam a dar entrada inúmeras fotos de ondas grandes no Billabong XXL, principalmente vindas da Europa, Havai e Califórnia. Não tivesse este Inverno sido muito especial para este tipo de surf.


A última foi este grande “vagalhão” em Belharra, no sul de França, surfada pelo surfista de Hossegor, Vincent Lartizen.

08 February 2008

Foto de BB ganha Wrold Press Photo

Sei que este é um site de surf, mas não posso deixar de reconhecer o valor que têm os bodyboarders que se fazem ao mar da Nazaré e igualmente reconhecer que uma foto de um desses bodyboarders acabou de ganhar um prémio do World Press Photo!

Cá fica a notícia:

Repórter Miguel Barreira distinguido pela World Press Photo 2007

O repórter fotográfico Miguel Lopes Barreira, do jornal Record, foi hoje distinguido com um prémio World Press Photo 2007, com a imagem do desportista Jaime Jesus numa competição de bodyboard na Nazaré.

Jornal de Negócios Online negocios@mediafin.pt

De acordo com a fundação World Press Photo, que anunciou hoje os vencedores das melhores imagens captadas em 2007, Miguel Lopes Barreira ficou em terceiro lugar na categoria "Sport Action" com uma fotografia a preto e branco captada a 16 de Dezembro na Praia do Norte, Nazaré.
A imagem mostra o bodyboarder Jaime Jesus em suspenso no ar, prestes a cair num turbilhão de ondas no mar.
Em declarações à agência Lusa, Miguel Lopes Barreira disse ter ficado surpreendido com a distinção: "Não estava nada à espera".
Miguel Barreira, 33 anos, trabalha no jornal desportivo Record desde 1999, depois de se ter iniciado profissionalmente no Jornal de Negócios.
Há nove anos a captar imagens no desporto, o repórter referiu que nesta área recorre mais "à intuição, porque as coisas acontecem a outra velocidade".
"Quase que temos de prever as coisas antes de acontecerem", observou.
Com formação em fotografia e realização de cinema, Miguel Barreira diz não ter um desporto de eleição para fotografar. "A ideia - diz - é captar da melhor maneira possível aquilo que está à nossa frente".
Este é o primeiro prémio internacional que Miguel Barreira recebe e que se junta a algumas distinções em Portugal, a mais recente das quais em 2007 pelo Clube Nacional de Imprensa Desportiva.
Na categoria "Sport Action" da World Press Photo 2007, o primeiro prémio foi atribuído a Ivaylo Velev, da Bulgária, que captou a imagem de um esquiador a fugir de uma avalanche em França.
O World Press Photo é considerado um dos mais importantes prémios de reconhecimento do trabalho dos repórteres fotográficos.

Pancho vence Pipe... outra vez!

Os quatro vencedores do Monster Pipeline Pro
(photo: ASPTowner/Covered Images)

Foi uma final totalmente havaiana. Outra coisa não se esperava. Mas a grande novidade não podia deixar de ser a segunda vitória de Pancho Sullivan no Monster Pipeline Pro.
Considerado por muitos como um surfista que tendencialmente só se dá bem em ondas grandes, Pancho fez do Monster’s um alerta à navegação: estou aqui e sei surfar bem em vários tipos de mar. Be aware!
E prova disso foi o 10 perfeito que tirou na final com um tubo fantástico, ao qual juntou mais um 8.75 e mandou Fred Patacchia, Roy Powers e Dustin Barca para a 2ª, 3ª e 4ª posição, respectivamente.
“As condições estavam super difíceis, por isso, o meu plano era tentar conseguir ir o mais longe que conseguisse,” contou Sullivan. “Com o swell a aproximar-se, as ondas mais pequenas ofereciam mais parede; o meu objectivo era conseguir logo um bom score e trabalhar a partir daí. Muitas vezes acaba por ser uma questão de sorte e conseguir as melhores ondas.”
As atenções deixam agora o North Shore para se voltarem para a Gold Coast, Austrália, e o arranque da temporada do WCT.

07 February 2008

Rabbit analisa situação

Nome incontornável no surf mundial, Wayne "Rabbit" Bartholomew é sempre uma voz a escutar.
Na sua última crónica para a ASP, Rabbit comentou o desenho competitivo para o WCT deste ano, entre eles, o Saca e a Euroforce. Cá fica o apanhado:

“Jay Thompson e Tiago Pires têm estado a bater à porta há já algum tempo. Ambos já estiveram várias vezes para entrar, mas em 07 todos os planetas estavam alinhados e ambos se qualificaram com alguma margem de conforto. (..) o Jay e o Tiago têm tido a oportunidade para se prepararem mentalmente para esta nova fase do desafio e sem dúvida que tirarão proveito dos sacrifícios pessoais que tiveram que fazer para chegar a este novo nível das suas carreiras. «Bottle» é um local de Burleigh e apreciará as ondas familiares da Goldy para a sua estreia e Tiago, o primeiro atleta de Portugal num WCT, já está na cidade a aclimatizar-se com Snapper e os outros picos.(…)
Os Europeus estão em força. Para lá de Tiago e do Rookie sensação Jeremy Flores, Aritz Aranburu e Mikael Picon juntam-se num sólido contingente europeu na Dream Tour. Já houve algumas presenças solitárias, como Russel Winter, Eric Rebierre e Picon, mas este quarteto não só permitirá um aumento do perfil da ASP Pro Surfing por toda a Europa, como dará o muito necessário sistema de apoio que os australianos, brasileiros, americanos e havaianos sempre beneficiaram ao longo de várias décadas.”

Ainda à espera

O Eddie continua em período de espera mas já houveram swells a aproximarem-se de Waimea, como neste dia a meio de Janeiro. Eddie would go... but not yet!

Clica AQUI para veres as masmorras!

01 February 2008

Enquanto não há Pluto... há ZOUP!

Enquanto não sai a nova campanha "Good Morning Pluto" da Insight (que cá a Galinha descobriu que tens umas filmagens incríveis debaixo de água!), fiquem com a campanha Zoup, que vale sempre a pena relembrar!