22 June 2011

Kassia Meador renova com a Roxy | Kassia Meador renews with Roxy

(photo: DR)
A surfista profissional, fotografa e artista, Kassia Meador renovou a suaparceria com a Roxy, juntando agora o título de designer à sua lista de talentos. A californiana de 18 anos está com a marca desde os 17 anos e agora para além de ser embaixadora do surf feminino, vai passar a dar a sua marca K*meador ao desenho de novos fatos de surf e a uma colecção de streetwear.


Pro surfer, photographer and artist, Kassia Meador, renews her partnership with Roxy, adding the title of designer to her list of talents. The 28-year-old California girl has been with the Roxy brand since she was 17-years-old. Kassia will now be both a Roxy ambassador to women’s surfing, while also officially lending her k*meador designs to their wetsuits and streetwear collection.

Quem diz que a Índia não tem ondas?? | Who says there's no good waves in India??

21 June 2011

Julian em discurso directo

(photo: ASP/Dunbar)
Depois da etapa portuguesa do WQS e de uma vitória que lhe valeu pontos preciosos, Julian Wilson está de viagem para recarregar baterias em Bali, mesmo antes da próxima etapa do WT em Jeffreys Bay. Antes, Wilson falou à ASP sobre a sua posição no Tour mundial.
Eis a entrevista:

This is your first big win since SriLanka last year. What contributed to the win in Portugal? Equipment? Training? Waves?
I couldn’t put it down to one thing – it’s really just a combination of working hard, executing my plans and, of course, having a little luck along the way.

Rookie seasons are never easy, and you’ve had some tough draws thus far. Give us a rundown of your transition in 2011.
It’s been a whirlwind start to the year for sure. Obviously I’ve had some tough draws and no really strong results yet, but most of my losses have come with decent performances and heat totals so I haven’t really doubted my ability. I’ve learned a ton this year and a lot of things need to come together in order to challenge at these WT events…I feel like you need to think about everything, and then forget about everything and just surf well!

You’ve had a solid support team with you at ASP World Title events this season, but you went to Portugal by yourself. What was the motivation behind this decision?
I’m lucky in that I am able to mix it up. I have a great team around me and have loved having them at some events this year. I just wanted to change it up for Portugal and had success there so I’ll take each event as it comes, looking forward to having my brother Seb with me for the South Africa leg.

The win bolts you from No. 28 on the ASP World Rankings into the mid-teens, well within the Top 32 for August’s mid-year rotation. Were you feeling the pressure to perform heading into Portugal? Do you think this win will help relax you as we head into Jeffreys Bay, Tahiti and New York?
I put pressure on myself to perform every time I enter a contest. Then obviously there has been pressure slowly building a little more on top of that externally but that isn’t what fires me up, I want to win just as bad if I’m first or last on the ratings. Really looking forward to the rest of the year and knowing my place on the WT is solid will make it sweeter.

19 June 2011

Wilson conquista Portugal

Julian Wilson era um dos favoritos à vitória na Ericeira
(photo: Surfology/Marlene)

Julian Wilson foi o grande vencedor do Quiksilver Pro Portugal, numa final em que não deu espaço de manobra ao seu adversário Gabriel Medina.
Aproveitando a subida da maré, Wilson traçou rumo no inside de Ribeira d'Ilhas onde selou desde inicio duas excelentes notas.
Já Medina teve uma escolha de ondas mais duvidosa, que, aliado a um pouco de falta de sorte, deixaram o brasileiro a precisar de uma combinação de ondas para bater Julian.
Quem também não se pode queixar dos resultados obtidos em Portugal foram John John Florence e Miguel Pupo que chegaram às meias finais.
Na entrega de prémios, debaixo de uma chuva de champanhe e confettis, Julian Wilson não poderia estar mais contente pela vitória nesta sua primeira visita à Ericeira e agradeceu a hospitalidade dos fãs portugueses. 

18 June 2011

Gilmore relata ataque que sofreu no ano passado

(photo: ASP/Cestari)

Stephanie Gilmore deu esta semana uma entrevista à ESPN onde falou abertamente sobre o ataque que sofreu em Dezembro do ano passado, em frente à sua casa na Gold Coast.
Eis as palavras da 4x campeã mundial:

 “A few days before the attack, a couple friends said to me, ‘With everything going so well, you should think about moving to a more secure apartment. You never know what’s around the corner.’ I was like, ‘Oh, okay, maybe.’ That night, I was supposed to go to the movies with a friend, but there was a change of plans, so I turned around and went home. I am a firm believer that things happen for a reason. I have to walk through a public car park to get to my apartment and I noticed a guy I hadn’t seen before. I didn’t take much notice, but when I saw him a second time, we made eye contact. I got a gut feeling that wasn’t cool with him. When I got to the stairs that lead to my apartment, I turned around and saw him sprinting at me with a metal bar in his hand and he hit me twice. The first time, he hit me in the head. I saw blood all over everything. I put my left wrist up to protect myself and the second hit snapped my ulna and tore ligaments in my wrist. I looked down and saw a big lump on my wrist. My body went into survival mode and, at the time, I didn’t feel pain.

Para a entrevista complete clique aqui.

Depois do QS, o Nacional

A Ericeira é este mês o epicentro do surf internacional, mas também nacional.
A segunda etapa do circuito nacional vai realizar-se no próximo fim-de-semana, a 25 e 26, datas em que a vila recebe também o Sumol Summer Fest.

Billabong Blow Up

Blow Up Trailer 2 from Billabong USA on Vimeo.

Young guns tomam conta da Ericeira

Na véspera do culminar do Quiksilver Pro Portugal, que decorre desde a passada terça-feira em Ribeira d'Ilhas, Ericeira, alguns dos mais promissores surfistas mundiais tomaram conta dos quartos-de-finais.
Gabriel Medina, Jeremy Flores, John Jonh Florence, Pat Gudauskas, Miguel Pupo, Julian Wilson, Jay Quinn e Dion Atkinson são os resistentes no 6* Prime, graças a prestações brilhantes em dias em que o vento foi o convidado indesejado. A prova está marcada para amanhã, às 10am, ficando a faltar os quartos, meias e final.
Entretanto, fiquem com o video do cocktail oferecido aos surfistas na véspera do início do Quiksilver Pro Portugal. Brevemente imagens do concerto de ontem, que reuniu milhares de surfistas e aficionados de norte a sul do país.

Cocktail do Quiksilver Pro Portugal 2011 from Quiksilver.pt on Vimeo.

16 June 2011

Quiksilver Pro - Day 1

Hoje deve arrancar o segundo dia de prova do Quiksilver Pro Portugal. Entretanto, fiquem com os destaques do primeiro dia:


15 June 2011

Kelly's Key

(photo: ASP/Kristin)
Huntington Beach, cidade que viu de certa forma crescer o 10x campeão mundial, Kelly Slater, vai atribuir na próxima terça-feira, a chave da cidade ao surfista norte-americano.
Já em Maio deste ano, o surfista foi reconhecido unanimemente pela U.S. House of Representatives com uma resolução bipartidária pelos seus feitos no mundo do surf e por ser um embaixador do desporto e excelente modelo a seguir.

13 June 2011

Tudo a postos para o Quiksilver Pro Portugal

CJ Hobgood, Fred Patacchia, Jadson Andre, Jeremy Flores, John Florence, Brett Simpson, Josh Kerr, Mikael Picon, Raoni Monteiro, Julian Wilson, Tom Whitaker. Estes são apenas alguns dos nomes sonantes que já andam pela Ericeira, prontos para o arranque amanhã do Quiksilver Pro Portugal.
Mas as atenções estão mesmo voltadas para o surfista localíssimo e único português no WCT, Tiago Pires.
Aqui fica a entrevista:


11 June 2011

Estoril, Conlogue style

(photo: Carlos Pinto)
Os EUA dominaram na praia do Guincho durante a final de hoje do Estoril Billabong Girls.
O forte vento que se sentiu não fez voar a inspiração e persistência de Courtney Conlogue que derrotou a sua compatriota Lakey Peterson com um score total de 14 pontos (em 20 possíveis).
A norte-americana de 18 anos solidifica deste modo a sua 1ª posição no ranking de qualificação feminino.

Uma opinião errada... para mim

A definição de um artigo de opinião é mesmo isso: uma opinião. Mas esse estilo jornalístico vem embutido de uma característica inseparável - a discordância.
Quando vamos à Surfline ler um artigo de balanço do desempenho dos atletas do Tour é com alguma estranheza que leio a leitura que é feita do desempenho do Tiago Pires.
O atleta português está actualmente na 9ª posição do ranking e foi uma evolução no seu surf e na abordagem à competição que o tem levado a bons resultados.
A leitura do australiano Derek Rielly de nada fala. Limita-se a constatar a profunda admiração pelo facto do português estar na posição em que está.

É inevitável que quando nós, portugueses, fazemos o acompanhamento de uma prova do 'CT a nossa atenção vá para o desempenho do Tiago Pires. Afinal, é o nosso único atleta a correr o Tour. Não podemos deixar de referir que ele está a fazer um bom trabalho, bem melhor do que em passados anos competitivos.
Mas, por outro lado, não deixamos de referir e defender uma boa performance seja qual for a nacionalidade do surfista em questão.
A justiça esteve longe de ser feita no artigo da Surfline e, por tal, aqui me dou ao direito de discordar deste artigo de opinião. 

09 June 2011

Relatórios contraditórios

Acabaram de surgir notícias sobre o relatório de autópsia de Andy Irons, que revelam que o atleta teve como principal causa de morte paragem cardíaca.
Porém, a polémica intensifica-se agora com a causa secundária, onde versões diferentes surgem em torno da ingestão ou não de um mix de medicamentos.
Para conhecer a notícia do New York Times publicada ontem e o comunicado de imprensa da família de Irons, sugerimos a consulta da notícia publicada na Surfer: http://www.surfermag.com/features/andy-irons-autopsy-results-released/

07 June 2011

O futuro dos fatos de surf?

Tudo a postos para o Quiksilver Pro

Tiago Pires inaugura escola de surf

Tiago Pires prepara-se para inaugurar no próximo dia 1 de Julho a escola da Quiksilver com o seu nome.
O embaixador do surf português abraça agora um novo projecto, a Tiago Pires Surf School, direccionado para os mais novos e procurando formar os futuros surfistas e, qui ça, campões nacionais e internacionais.
“O meu objectivo é fazer com que o surf chegue ao maior número possível de pessoas. É um privilégio ter este estilo de vida, e quero proporcionar aos mais novos a oportunidade que também eu tive para construir a minha carreira. Quero dar de volta aquilo que recebi deste desporto”, disse Saca na recentemente criada página da escola no Facebook.
Integrada no novo projecto da Quiksilver para Portugal, a Tiago Pires Surf School terá as suas instalações no novo edifício da marca, na Ericeira.

06 June 2011

O mistério continua

Andy Irons morreu a 2 de Novembro do ano passado. Porém, o resultado da autópsia ao corpo de um dos maiores ícones do surf mundial continua a ser desconhecido.
Com a data de divulgação pública marcada para o passado dia 20 de Maio, um juiz do Texas decretou agora novo adiamento de 30 dias, para 20 de Junho.
Este atraso voltou a criar polémica, à medida que rumores começaram a circular de que seria a família a travar o conhecimento público dos resultados da autópsia e, mais especificamente, do exame de toxicologia.
A família de Andy Irons já lançou um comunicado a negar tais rumores e afirmando que estão preparados para o que os resultados possam dizer, não descartando a possibilidade de Irons ter morrido de overdose.